Câmara Municipal de Alcoutim distribui máscaras pela população

  • Print Icon

Na sequência das medidas que o município de Alcoutim tem implementado com vista à redução do risco de contágio através do novo Coronavírus, a autarquia iniciou hoje, dia 19 de maio, a primeira fase de entrega de máscaras comunitárias à população, à qual se seguirão outras.

O facto da distribuição se iniciar neste momento, prende-se com a preocupação da autarquia em assegurar a entrega de equipamentos de proteção devidamente certificados, o que permite garantir um nível de proteção mais elevado aos alcoutenejos.

A distribuição das máscaras será realizada em colaboração com as Juntas de Freguesia, durante o mês de maio.

No caso dos residentes na vila de Alcoutim e nas aldeias do Pereiro, Martim Longo, Vaqueiros e Giões os munícipes deverão dirigir-se às respetivas Juntas de Freguesia para levantamento das máscaras (uma por pessoa nesta primeira fase), e no caso dos residentes nos montes do concelho, a distribuição será feita porta-a-porta por elementos do município e das Juntas de Freguesia.

Na sequência das medidas que o município de Alcoutim tem implementado com vista à redução do risco de contágio através do novo Coronavírus, a autarquia iniciou hoje, dia 19 de maio, a primeira fase de entrega de máscaras comunitárias à população, à qual se seguirão outras.

O presidente da Câmara Municipal de Alcoutim, Osvaldo dos Santos Gonçalves, refere que «importa salientar o comportamento exemplar dos alcoutenejos no combate a este vírus e que o município, com esta iniciativa, pretende continuar a apoiar as famílias neste desafio constante de, juntos, nos mantermos saudáveis».

No caso dos munícipes que, por algum motivo, não tenham acesso à respetiva máscara, deverão entrar em contacto com as respetivas Juntas de Freguesia ou com a Câmara Municipal por telefone (281540500) ou através do email ([email protected]), indicando a morada e contacto, para que a mesma lhe possa ser entregue. As máscaras são laváveis e reutilizáveis e deverão ser usadas de acordo com as orientações da Direção-Geral de Saúde (DGS).