BispoGO é a nova aplicação turística que serve de museu da paisagem

  • Print Icon

A ferramenta propõe cinco rotas temáticas ou a possibilidade de criação de rotas personalizadas, com base em 72 pontos de interesse que abordam temas tão ricos e diversificados como a flora e a fauna, geomonumentos, pegadas de dinossauros, monumentos megalíticos, ruínas romanas, fortalezas, locais de culto, praias, paisagens naturais e a identidade local.

O município de Vila do Bispo apresentou, no sábado, dia 18 de maio, a aplicação turística «BispoGO – Museu da Paisagem», evento que decorreu no Centro Cultural na presença da vereadora da Câmara Municipal, Rute Silva.

A aplicação «BispoGO – Museu da Paisagem» apresenta-se como uma experiência digital gratuita que permite visitar, explorar e sentir as paisagens naturais e culturais no concelho de Vila do Bispo.

Esta aplicação é muito mais que um atrativo guia turístico. Assume-se como um jogo interativo e como uma proposta de educação/sensibilização patrimonial, proporcionando ao utilizador um conjunto de informações que promovem as boas práticas na visita e um usufruto mais sustentável dos recursos naturais e culturais disponíveis nas paisagens do município.

Esta ferramenta propõe cinco rotas temáticas ou a possibilidade de criação de rotas personalizadas, com base em 72 pontos de interesse que abordam temas tão ricos e diversificados como a flora e a fauna, geomonumentos, pegadas de dinossauros, monumentos megalíticos, ruínas romanas, fortalezas, locais de culto, praias, paisagens naturais e a identidade local.

Ricardo Soares, arqueólogo da Câmara Municipal de Vila do Bispo.

Em cada ponto o utilizador é convidado a responder a uma pergunta. Caso responda corretamente ganha um objeto relativo ao território. Poderá colecionar estes objetos e as curiosidades associadas que permitem entender melhor este «Museu da Paisagem».

Ao longo dos percursos, o visitante será guiado por uma anfitriã, «a WINDY, uma gralha-de-bico-vermelho!».

Pedro Pereira, da byAR.

Concebida pelo município de Vila do Bispo e desenvolvida pela byAR, com o cofinanciamento do Programa Operacional CRESC Algarve 2020, esta aplicação inclui experiências de realidade aumentada, 3D, conteúdos de imagem, filmes, percursos áudio-guiados, entre outras. Nesta primeira versão, os conteúdos encontram-se disponíveis em Português e Inglês.