Avança requalificação paisagística do Parque da Juventude de Portimão

  • Print Icon

Parque da Juventude de Portimão tem aprovada a segunda e última fase da requalificação paisagística, orçada em 1,3 milhões de euros que visa tornar mais atrativo o maior espaço verde da cidade.

A Câmara Municipal de Portimão já aprovou a abertura de procedimento para a segunda e última fase da requalificação paisagística do Parque da Juventude de Portimão, orçada em perto de 1,3 milhões de euros.

O concurso público será agora publicado em Diário da República, sendo que os critérios de adjudicação são o prazo de execução e o preço da proposta.

Face ao montante do investimento, o contrato com a empresa que ganhar esta empreitada será sujeito a visto prévio do Tribunal de Contas.

O programa de concurso protagoniza uma profunda intervenção com dois grandes objetivos, que incidem na requalificação propriamente dita da infraestrutura e na criação de um parque radical desportivo que vá de encontro a um desejo antigo da comunidade local, sobretudo dos jovens.

No fundo, a Câmara de Portimão visa tornar mais atrativo o maior espaço verde da cidade, criando melhores condições de lazer numa área superior a 15300 metros quadrados (m2), através da uniformização de toda a estrutura, com renovação da sua imagem. Outro dos objetivos desta intervenção é tornar o Parque da Juventude sustentável e socialmente inclusivo.

Passadiço para passear junto à copa das árvores

Além da criação de novas estruturas e de melhoramentos nas existentes, esta intervenção criará uma ligação entre as entradas sul e norte do Parque da Juventude. Nalguns locais serão construídos passadiços sobrelevados, que poderão mesmo atingir o nível da copa das árvores.

A acessibilidade e mobilidade dos percursos pedonais constitui outra das prioridades do projeto, permitindo a qualquer pessoa passear pelo Parque e utilizar os seus equipamentos. Por sua vez, serão substituídos os painéis informativos e a atual sinalética, bem como o mobiliário urbano e as papeleiras.

Uma das principais apostas na sociabilização do Parque da Juventude de Portimão passará pela criação de uma zona de merendas, estando igualmente consagrada a edificação de uma torre de vigia na área mais alta e central, para que os visitantes desfrutem de uma vista panorâmica do espaço verde que os rodeia.

Quanto ao atual lago, situado logo à entrada, será renaturalizado, pelo que serão introduzidas plantas depuradoras de água e um deck.

O parque de estacionamento vai ser ampliado, estando igualmente contemplada a eliminação de obstáculos visuais no exterior que impeçam a clara visualização da entrada do Parque da Juventude.

Parque radical para todos os gostos

Na área perpendicular à Avenida São Lourenço da Barrosa, mais conhecida como V6, será criado o parque radical com cerca de 1870 m2, no sítio onde existia uma pista para carros telecomandados.

A ideia conceptual foi baseada na tradução geográfica da zona costeira de Portimão, nomeadamente da Praia da Rocha, sem esquecer o interior do concelho, sob um ponto de vista fortemente ecológico.

Essa analogia entre mar e terra, reflexo da cidade e dos seus habitantes, traduzir-se-á na construção de diferentes equipamentos para atividades radicais, imitando elementos icónicos como o Forte de Santa Catarina de Ribamar, o Miradouro e o Molhe/Pontão da Praia da Rocha.

As estruturas, dirigidas a várias faixas etárias e com diferentes graus de dificuldade, adaptam-se à morfologia do terreno e proporcionarão aos praticantes do parque o caráter de iniciação, preparação e aperfeiçoamento.

Haverá inúmeros elementos de street section, com obstáculos e desníveis repletos de desafios, para todos os gostos e capacidades atléticas.

Ainda nesta zona sul do Parque da Juventude, onde originalmente havia rampas de madeira, vai ser edificado um polidesportivo descoberto, para utilização como campo de jogos informal.

Quiosque com linhas modernas

Também fazem parte do plano a construção de um novo quiosque em semicírculo, com duas áreas de esplanada, uma coberta e outra envidraçada. Essa estrutura terá linhas dinâmicas e vem substituir o atual edifício, incluindo no seu conjunto as instalações sanitárias, preparadas para receber pessoas com mobilidade condicionada. Todo este conjunto abrangerá uma área total de 152 m2.

A empreitada prevê ainda a instalação de antenas wifi em diversos pontos do Parque da Juventude e a reabilitação da rede iluminação na zona do chamado parque radical, sem esquecer a criação de dois parques infantis, com equipamentos adequados a diversas faixas etárias, reforçando a oferta existente, presentemente composta por um pequeno espaço com baloiços.

Os mais velhinhos poderão brincar no parque situado junto à entrada sul, enquanto o receio dos pequeninos se localizará perto da entrada norte.

Pista BMX de topo

O Parque da Juventude foi inaugurado em 1996, localiza-se junto à Urbanização Alto do Pacheco e a mais recente intervenção camarária ocorreu há cerca de um ano, com a abertura da pista de BMX Race, no âmbito de Portimão – Cidade Europeia do Desporto 2019.

Sob projeto do Clube Bicross de Portimão, a pista representou um investimento autárquico de 123 mil euros, sendo considerada uma das melhores do país. Entre as suas valências, está dotada de um mecanismo totalmente elétrico na grelha de partida, pioneiro a nível ibérico.