Aljezur celebra feriado com street food e concerto dos Anjos

  • Print Icon

Feriado municipal, 28 de agosto, é o ponto alto das comemorações do concelho. Este ano, as atividades que atraem milhares de pessoas à zona histórica, começam já esta segunda-feira, dia 26 de agosto.

A abertura das festividades fez-se às 18h00 desta segunda-feira, com uma zona destinada à street food, junto ao mercado municipal, que decorre até às 23h00, do último dia dos festejos, quinta-feira, dia 29 de agosto.

No dia mais aguardado, a quarta-feira, 28 de agosto, há 14 espetáculos, distribuídos por cinco palcos na zona histórica de Aljezur. As animações começam as 17h00 e só terminam na madrugada de dia 29.

A já tradicional noite A, no feriado municipal, é caracterizada pelo momento em que a zona histórica de Aljezur se «invade» por acontecimentos de diferentes orientações culturais.

A edição deste ano conta com a presença de vários artistas portugueses, sendo que o branco é a cor obrigatória da noite.

Pelos cinco palcos (Largo da Liberdade, Largo 5 de Outubro, Igreja da Misericórdia, Castelo e Palco da Ribeira) acontecerão 14 espetáculos que vão desde o fado, música clássica, performances diversas, rock, DJ Set e jazz.

Juntam-se a eles diversas tasquinhas, petiscos, artesanato e a possibilidade de se visitar os núcleos museológicos do circuito histórico-cultural e ambiental.

Na parte da animação os destaques são as atuações de Olavo Bilac, às 21h00, no Castelo, e Mishlawi, às 24h00, no Palco da Ribeira. A noite encerra com os Djs Meninos da Vadiagem que prometem fazer as delícias dos jovens.

No dia 29, logo pela manhã será recriado o tradicional banho 29, na Praia do Monte Clérigo, às 10h00, que será acompanhado por animação musical, por parte do Grupeto do Coreto. Às 17h30 começa a grande sardinhada e a música no Espaço Multiusos de Aljezur.

O grupo Orquestra Costa Verde sobe ao palco pelas 20h00 e a noite termina com o concerto dos Anjos.

Para esta edição destaca-se ainda a «declaração de guerra» aos plásticos, com a implementação do copo reutilizável. Os interessados têm de «alugar» o copo, pelo valor de um euro. Pode utilizar-se as vezes que se quiser e no final da noite pode devolver o copo, em troca do valor pago inicialmente.

Todas os espetáculos são de entrada livre.

A organização das festividades é da responsabilidade da Câmara Municipal de Aljezur, que conta com as seguintes colaborações: Serviços Sociais da Autarquia, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Aljezur, Juventude Clube Aljezurense, Associação de Defesa do Património, Histórico de Aljezur, Santa Casa da Misericórdia de Aljezur, Associação Cosa Nostra, Associação Tertúlia e Junta de Freguesia de Aljezur.