Albufeira junta Gonçalo Pescada e Carla Pontes em novo concerto online

  • Print Icon

Ciclo «Proximidades» prossegue até junho.

O ciclo de concertos gratuitos «Proximidades», promovido pela Câmara Municipal de Albufeira com artistas e técnicos do concelho, prossegue já no próximo sábado, dia 16 de maio, às 21h30. No palco, a dupla Gonçalo Pescada e Carla Pontes atua naquele que, para o município, será «um momento muito especial, que vai de J.S. Bach a Piazzolla, incluindo também obras de Zeca Afonso».

O alinhamento é o seguinte: J. S. Bach (1685-1750) – «Jesu, Joy of man´s desiring» (Cantata BWV 147); G. Caccini (1551-1618) – «Avé Maria»; José Afonso (1929-1987) – «Balada de Outono» e «Cantigas do Maio»; Carlos Paredes (1925-2004) – «Verdes Anos»; V. Vlassov (n. 1936) – «Passos»; G. Gershwin (1898-1937) – «Summertime»,  «The man I love» e «I got rhythm» e, por fim, do clássico Astor Piazzolla (1921-1992), «Oblivion», «Vuelvo al sur» e «Yo soy Maria».

Este concerto será transmitido em direto e gratuitamente no Canal Youtube «albufeiraPT». Os artistas «atuam com a distância recomendada uns dos outros e para várias câmaras de captação e transmissão em direto».

Conforme já referiu o presidente da Câmara Municipal de Albufeira, por ocasião da apresentação do concerto anterior do ciclo, «esta iniciativa pretende valorizar o papel dos artistas locais, dando-lhes a oportunidade de mostrarem o seu talento, contribuindo de alguma forma para amenizar o cancelamento de diversos espetáculos que aconteceram por todo o país».

José Carlos Rolo adianta que «este Programa está a ser preparado para os meses de maio e junho, podendo ser mais abrangente em função do evoluir da situação que atravessamos» e sublinha que «esta é a primeira de várias iniciativas de âmbito cultural que pretendemos implementar e, nesse sentido, estamos também disponíveis para recolher sugestões da nossa comunidade artística para irmos ao encontro das suas necessidades».

O autarca refere ainda a importância de «neste período de confinamento, fazermos chegar a arte e a cultura às pessoas, utilizando os meios tecnológicos existentes e dentro daquilo que são as normas de segurança exigidas».